terça-feira, 23 de maio de 2017

UM TEMPORÁRIO DESEQUILIBRADO.


No seu 2º dia de administração foi marcado por um desequilíbrio só, o Sr. Gilvandro Estrela sentindo que administrar não é fácil, compareceu em algumas secretarias para intimidar servidores, segundo informações recebidas por este blog, Gilvandro entrou na secretaria de saúde empurrando portas, falando alto, e difamando pessoas, foi o caso do secretário de saúde Thiago Lino, que foi ofendido grosseiramente, com o nome de “BANDIDO”.

Essa atitude já era esperada, todos sabem que Gilvandro estrela não tem experiência nem capacidade para administrar um município, é visível o seu desequilíbrio ao ponto de comparecer em horário noturno da prefeitura e dizer aos vigias: Eu sou prefeito, eu sou prefeito, eu sou prefeito, os vigilantes da prefeitura já estão chamando o prefeito temporário de “PREFEITO BACURAL”.


Com a incapacidade mostrada pelo prefeito BACURAL, Mendonça Filho colocou sua irmã Andréa para tomar conta de tudo, a mesma coisa do tempo de Marcos Coca Cola, todos a aqueles sangues sugas voltaram para a prefeitura nesse governo de araque. 





domingo, 21 de maio de 2017

NEM SE QUER TOMOU POSSE E JÁ ENTROU NA JUSTIÇA CONTRA PAGAMENTO DE SALÁRIO DOS SERVIDORES.


O gestor interino Gilvandro Estrela que assumirá a prefeitura de Belo Jardim, amanhã dia (22), já deixa sua marca nas costas dos funcionários da prefeitura, trata-se de um processo impetrado na última semana para impedir que o ainda prefeito João Mendonça, pagasse salários e 50% do décimo terceiro aos funcionários, segundo o blog Se Liga Belo Jardim que divulgou em primeira mão, esse processo pode atrapalhar a vida dos servidores já que está tramitando na justiça e o juiz pode tomar algumas decisões como: Fazer os servidores devolver o provento recebido, descontar no salário de maio e etc.

As maldades de Dr. Gilvandro, ultimamente só tem prejudicando a ele mesmo, não vai poder contratar ninguém por que denunciou o antigo prefeito de contratação indevida, agora entra com uma ação na justiça contra os servidores.

Seria melhor que ao invés de Dr. Gilvandro tentar parar a imprensa, retirasse a ação, pois a mesma continua tramitando na justiça, e dependendo do juiz e do MP, quem pode sair perdendo é os servidores da prefeitura.

Fonte: Processo Judicial Eletrônico nº 0000533-28.20
17.8.17.2260

Vejam abaixo copia do processo impetrado:









quinta-feira, 18 de maio de 2017

Secretaria de Juventude e trabalho, forma duas novas turmas, no curso de cabeleireira


Após nova parceria formada e divulgada a população, foram preenchidas todas as vagas para o curso de cabeleireira! Duas turmas, com 20 participantes cada, deram início as aulas, onde brevemente irão se tornar novos profissionais da área!  Com a participação, do secretário Neto Andrade, na abertura do curso, onde o mesmo agradeceu a confiança e a presença de todos. "Agradeço a todos que se inscreveram e estão participando deste curso, por sua confiança em nosso trabalho!  Brevemente trarei mais oportunidades" finalizou assim o secretário. Secretaria de Juventude e Trabalho, juventude que faz!








AÉCIO E ROCHA LOURES AFASTADOS DOS SEUS MANDATOS


O STF determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato de senador e do deputado Rocha Loures (PMDB-PR) do mandato de deputado federal.

Na manhã desta quinta-feira, a Polícia Federal também cumpre mandados na residência, no gabinete e no escritório do deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), político historicamente ligado ao presidente Michel Temer e personagem, segundo delação premiada do empresário Joesley Batista, que foi filmado recebendo uma mala com 500.000 reais.

O dono da JBS Joesley Batista relatou à Procuradoria-Geral da República (PGR) em seu acordo de delação premiada que o presidente Michel Temer lhe indicou o deputado Rocha Loures para resolver uma pendência da multinacional no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Segundo informações do jornal O Globo, Joesley gravou de forma sigilosa uma conversa que teve com Temer no dia 7 de março, no Palácio do Jaburu, sobre o assunto. No áudio, conforme a reportagem, Joesley aparece perguntando a Temer: “Posso falar tudo com ele [o deputado Loures]?”. O presidente, então, responde: “Tudo”.


Loures não é um deputado qualquer da Câmara. Até o início de março, ele era assessor especial da Presidência — antes, foi chefe de Relações Institucionais da Vice-presidência. Suplente de deputado, ele deixou o Planalto para assumir a cadeira do deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), que se licenciou para ser ministro da Justiça.
Blog do Magno.











PF FAZ BUSCAS E APREENSÃO NA CASA DE AÉCIO


Agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal realizam operação da força-tarefa da Lava Jato desde o início da manhã desta quinta-feira (18), no Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Federal, com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF), estão sendo cumpridos mandados de busca a apreensão nos apartamentos de pelo menos três alvos: o senador Aécio Neves; a irmã dele, Andrea Neves; e Altair Alves, conhecido por ser braço direito do deputado Eduardo Cunha.

Equipes começaram a deixar a sede da PF, na Zona Portuária do Rio, por volta das 5h30. Os carros com agentes foram par três endereços: em Ipanema, na casa de Aécio; em Copacabana, onde a imrã tem apartamento; e na Tijuca, casa de Altair.

Em Ipanema, um chaveiro foi chamado para auxiliar o trabalho dos agentes, já que ninguém foi encontrado para abrir a porta no apartamento de Aécio. Por volta das 6h25, os agentes conseguiram entrar no local após acionar um chaveiro para abrir a porta. O funcionário de um hotel que fica ao lado do edifício foi chamado para servir de testemunha.

Pouco antes das 6h, os agentes chegaram na casa de Altair, na Rua Conselheiro Olegário, número 20, na Grande Tijuca, Zona Norte do Rio. Os policiais pretendem cumprir mandado de busca e apreensão no local.


Altair é conhecido por ser braço-direito do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Ele já trabalhou no gabinete de Cunha quando ele era deputado estadual no Rio e também no gabinete de outros deputados ligados ao ex-presidente da Câmara. Ele já foi apontado por Fernando Baiano por ser o responsável por transportar propinas para Cunha.
Blog do Magno.











quarta-feira, 17 de maio de 2017

PREFEITURA DE CARUARU EMITE NOTA SOBRE O INCÊNDIO NA FEIRA DA SULANCA.


A Prefeitura de Caruaru informa que uniu todos os esforços para conter o incêndio ocorrido, na noite desta terça-feira (16), em oito bancos na Feira de Caruaru. De pronto, a energia foi desligada e a Prefeitura enviou três carros pipa ao local do incêndio para ajudar a equipe do Corpo de Bombeiros. A segurança da área está sendo feita pela Destra e Polícia Militar. Felizmente o fogo já foi controlado e não houve feridos. A Prefeitura Municipal dará todo apoio necessário aos comerciantes.













segunda-feira, 15 de maio de 2017

MATADOURO DE BELO JARDIM ESTÁ COM 100% DA OBRA CONCLUÍDA.

Com dedicação e esforço a prefeitura municipal de Belo Jardim, através do Prefeito João Mendonça e a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, entrega a população o mais novo Matadouro público de Belo Jardim com 100% da obra concluída.

Assistam tudo agora no link abaixo:













domingo, 14 de maio de 2017

INAUGURAÇÃO DA AMPLIAÇÃO DO HOSPITAL DE BELO JARDIM É ADIADA.


Com a provável saída do prefeito João Mendonça nos próximos dias, obras do hospital não será inaugurada já que tudo levava para sua inauguração no final do mês de Maio, hoje está com quase 100% da obra concluída e não dará tempo para inaugurar.

Espero que o presidente da câmara que assumirá interinamente a prefeitura, inaugure a obra o mais rápido possível, pelo motivo por a mesma está praticamente pronta.


Vejam a reportagem completa:

















SEM FORÇA POLÍTICA EM BELO JARDIM, MENDONÇA USA GILVANDRO ESTRELA PARA ACABAR COM O GRUPO GALVÃO


O vereador Gilvandro Estrela tem sido o caminho escolhido por Mendonça Filho para destruir seu o rival (Cintra Galvão), o filho de Zé Mendonça percebendo a fragilidade de Cintra Galvão, tem usado Gilvandro Estrela para minar cada dia mais o grupo Galvão.

Toda estratégia de Mendonça ficou visível quando convenceram os dois vereados de Cintra a votarem em Dr. Gilvandro para presidente da Câmara em janeiro deste ano, depois que Gilvandro foi eleito o grupo de Cintra Galvão jamais foi ouvido, tendo todo caminho e estratégia do presidente da câmara o dedo de Mendonça Filho.

Todos sabemos o que Mendonça Filho deseja é pegar a prefeitura de Belo Jardim, pois já circula no palácio dos campo das princesa, que sua irmã Andréa Mendonça será candidata a deputada estadual, todos de Belo Jardim já perceberam o desaparecimento de Andréa nas redes sociais, a mesma está se dedicando ao escritório em recife de seu irmão, com essa estratégia montada por Mendoncinha ele pretende ocupar o espaço de Cintra Galvão, já que por duas eleições seus candidatos foram terceiro colocado, Mendonça está usando o medo para ganhar o apoio de pessoas ligadas a Cintra.

Gilvandro Estrela foi eleito presidente da câmara com João Mendonça, logo depois apunhalou o prefeito e juntou-se a Mendoncinha, depois com o argumento que João ganharia a presidência da Câmara, convenceu o grupo do Pavão a liberar seus vereadores para o jogo de Mendonça, hoje o que se ver é o Estrela a serviço de Mendoncinha tentando desestabilizar o grupo Galvão, querendo apoio para Mendonça ganhar a prefeitura.

Como perguntar não ofende: Se o grupo de Mendoncinha foi terceiro lugar, por que não apoia o de Cintra? 

Por que Mendonça Filho está ignorando os 14 mil votos que Hélio teve na última eleição?

Gilvandro fala tanto em união das oposições, por que ele não apoia o grupo de Cintra? Já que Gilvandro fala em tanta união das oposições?


E lembre-se, Eu Tô de Olho.











NOTA DE PESAR


O blog Tô de Olho, vem através desta lamentar e se solidarizar com toda família do Sr. Hélio pelo ocorrido com sua irmã Sinelma, pois sabemos que em um momento triste desse acontecimento toda cidade chora.





quarta-feira, 10 de maio de 2017

"SOU JULGADO POR POWER POINT MENTIROSO" DIZ LULA A MORO.


O ex­-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou, hoje, ser o verdadeiro dono do tríplex do Guarujá, em depoimento ao juiz Sergio Moro. O petista afirmou ainda que nunca se interessou pela compra do apartamento. "Eu só poderia utilizar aquele apartamento numa quarta-feira de Cinzas com chuvas", disse Lula, de acordo com que o UOL apurou junto a pessoas que acompanharam o depoimento.
Em determinado momento do interrogatório, Lula afirmou que "seu governo não poderia ser julgado" durante o processo já que ele já teria sido julgado pelo povo brasileiro nas duas eleições em que se elegeu presidente da República."Estou sendo julgado pelo que fiz no governo, por um Power Point mentiroso."

Durante quase cinco horas, o ex­-presidente prestou depoimento, na condição de réu, em uma ação penal na 13ª Vara Federal de Curitiba, sob a acusação de ter recebido propina da OAS, no âmbito do esquema de corrupção em contratos da Petrobras. Segundo a denúncia, Lula teria recebido da empreiteira um tríplex no Guarujá (SP), além do pagamento do armazenamento de bens recebidos durante sua passagem pela Presidência da República (2003­2010).

"É ilação pura. Aquilo deve ter sido feito, com todo respeito, por alguém que desconhecendo a política, fizeram o Power Point porque já havia tese anterior de que o PT era uma organização criminosa, que Lula era chefe que montou um governo para roubar. É uma tese eminemente política", disse o petista, em referência a entrevista coletiva de procuradores da Lava Jato em que foi exibida uma apresentação em Power Point.

"Porque esse é o problema da mentira, depois você não tem como voltar atrás. Então, eu queria só pedir a meus acusadores que levem em conta que vocês são muito jovens, que vocês têm muito tempo pela frente. O Ministério Público, que é uma instituição que ninguém respeita como eu respeito, não foi feita pra isso. A acusação tem que ser séria, tem que ser fundamentada, ela não pode ser especulativa", declarou Lula, segundo apurou a reportagem.

Em uma das perguntas, Moro disse a Lula que o ex­-presidente foi tratado "com respeito" durante o processo. "Senhor ex-­presidente, (...), a imprensa não tem qualquer papel no julgamento desse processo. O processo vai ser julgado com base na lei (...). O senhor foi tratado com o máximo respeito", declarou o juiz da Lava Jato, que foi alvo de muitas críticas da defesa do petista.

Moro perguntou sobre mensalão

Em reservado, um advogado que presenciou o interrogatório afirmou que Lula respondeu todas as perguntas de Moro, parando apenas quando o juiz "desviou do processo" ao questioná-­lo sobre o esquema conhecido como mensalão. O ex-­presidente foi orientado por sua defesa a não responder.


"Moro iniciou nervoso. Seguiu uma lista longuíssima de perguntas e não desviou delas. Os advogados pediram para ele adaptar as respostas pois muitas Lula já havia respondido e ele seguiu por quatro horas perguntando", acrescentou.
Uol.





Postagens populares