quarta-feira, 8 de abril de 2015

Oitocentas mães atendidas no Mãe Coruja Recife

A Prefeitura atinge a marca de 800 mães cadastradas no programa Mãe Coruja Recife, com a inauguração do terceiro espaço do tipo na cidade, localizado no bairro da Macaxeira. Ao todo, serão 10 na capital. Os próximos entregues serão nos bairros dos Torrões, Cohab e San Martin.
Na manhã de hoje, o prefeito Geraldo Julio (PSB) inaugurou o programa na Unidade de Saúde da Família (USF) Macaxeira/Burity - equipamento que foi totalmente requalificado pela atual gestão e que vai dispor, pela primeira vez, de serviços odontológicos. Para viabilizar os investimentos, a PCR destinou R$ 174,4 mil.
Assim que chegou ao local, o prefeito Geraldo Julio visitou as instalações da USF requalificada e inaugurou oficialmente a sala do Mãe Coruja. Na ocasião, o gestor explicou a importância do espaço para as gestantes e recém nascidos. “Estamos ampliando e qualificando o atendimento às mães e seus bebês, com ações integradas de várias secretarias municipais. Já são 800 mães cadastradas, das quais 160 já tiveram seus bebês. É dignidade para o atendimento. Bom para quem trabalha aqui e melhor ainda para quem está sendo atendido”, endossou.
Elaborado nos moldes do Mãe Coruja de Pernambuco, o programa aberto pela Prefeitura do Recife tem a proposta de reduzir a mortalidade materno-infantil.  A estimativa é que 300 gestantes sejam cadastradas e acolhidas no novo espaço, além de seus recém-nascidos que serão acompanhados até os cinco anos de idade. O espaço inaugurado é o terceiro criado na capital pernambucana - o primeiro foi aberto no bairro de Água Fria, na Policlínica Salomão Kelner e o segundo implantado em Santo Amaro, na Policlínica Waldemar de Oliveira.
Blog do Magno.
Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares