quarta-feira, 22 de abril de 2015

Vereador Rafael Lopes pede desculpas, Mas responde o secretário Valdemir Cintra

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Na reunião ordinária, da última terça-feira (14/04), falando na situação caótica em que se encontra nosso município, usei o adjetivo, “vagabundo” relacionado com os secretários municipais. A referida expressão foi divulgada pelo blog “TÔ DE OLHO”, ensejando exaltações dos secretários. Como é de conhecimento de todos, as palavras da língua portuguesa possuem vários significados. Na verdade quis me referir que há pessoas que não têm vontade de fazerem suas tarefas. Se alguns entenderam diferente o significado da expressão supracitada, peço minhas desculpas. Porém, mantenho o que disse a respeito do Senhor secretário Valdemir Cintra.
Quanto à vida privada do citado secretário, não me interessa. Quanto a sua vida pública, penso não ser a mais apropriada. Vejamos parte de sua biografia política:

1 – O senhor secretário procurou o referido blog e usou dentre outros, os termos, “menino”, “moleque” e “safadeza”. Pois bem, retribuo os mesmos termos, e ainda, acrescento, “fuxiqueiro”, subserviente e chafurdo.
2 – Por diversas vezes o senhor secretário disputou o cargo de vereador, sem lograr êxito. Somente no ano 2004 veio a ganhar as eleições, obtendo quase três mil votos. Em 2008, foi reeleito com menos de dois mil votos. Em 2012, obteve pouco mais de mil votos, que por ocasião perdeu a eleição. O senhor não acha, que em tem alguma coisa errada na sua atuação pública? 
3 – O senhor deve se lembrar de que quando era vereador, juntamente com Zé Lopes, Benício e Fernando de Serra do Vento, fizeram representações e denúncias por improbidade administrativa contra o senhor João Mendonça Bezerra Jatobá. Pergunto eu: Isso não é uma total incoerência? Refresque a memória do povo em relação ao mencionado ponto? Por que não retira de sua gaveta os documentos das denúncias e divulga? 
4 – Por diversas, o senhor e Zé Lopes foram às secretarias do Governo do estado de Pernambuco. Enquanto Zé Lopes solicitava melhorias para o município (aração de terra, água através de carro-pipa, água encanada, construções de barreiros, melhoria no sistema de água da Vila Santa Luzia e nas comunidades vizinhas, dentre outras, o senhor só queria saber da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico – FUNDARPE, para viabilizar a Cantiga de Viola anual.
5 – O senhor é conhecido como o político fuxiqueiro de Belo Jardim, do tipo “leva e traz”, sempre com a finalidade de chafurdação. Tem diversos episódios que eu poderia citar, como por exemplo, o último fuxico que o senhor fez contra o atual Presidente da Câmara, Dr. Gilvandro Estrela, relatado pelo mesmo. 
6 – Ainda existem muitos fatos a serem ditos, no momento oportuno eu os divulgarei. Mas por enquanto, eu gostaria que fosse divulgado pelo senhor em que foi gasto R$ 342.000,00 (trezentos e quarenta e dois mil reais) pela sua secretaria no ano de 2014. Se o senhor não comunicar a destinação dessa despesa, o povo poderá pensar que essa secretaria não passa de uma cabide de emprego.
Do Paredão.
Belo Jardim – PE, 20/04/2015.
Rafael da Silva Lopes
Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares