terça-feira, 2 de junho de 2015

PSB retruca Armando: "Não superou a derrota"

Escalado pelo Palácio das Princesas para rebater as críticas do ministro Armando Monteiro Neto(PTB) ao governador Paulo Câmara, o líder do governo na Assembleia Legislativa, Waldemar Borges (PSB), afirmou que Armando não conseguiu descer do palanque. “Armando nunca conseguiu absolver a derrota que sofreu para Paulo. Nem um telefonema protocolar que os candidatos derrotados costumam dar aos vitoriosos ele deu. De lá para cá, todos os gestos dele são de hostilidade. Não só dele como de sua bancada na Assembleia”, afirmou o socialista.
Waldemar disse, ainda, que o governador Paulo Câmara não tem problema algum em procurar ajuda do governo federal e tem circulado por vários ministérios e é bem recebido. “Se Armando quer ajudar Pernambuco que o faça rapidamente, pois a situação nacional está deteriorando a economia no país com reflexo nos estados”, condenou Waldemar Borges. Três dias após o PTB de Pernambuco ter iniciado as inserções de TV e rádio com críticas direcionadas ao governo do estado e à Prefeitura do Recife, acusando as gestões socialistas de estarem sem rumo por falta de liderança, o líder maior do PTB no estado criticou o governador Paulo Câmara (PSB) por não fazer articulação de governo em Brasília. 
Segundo o petebista, o fato de Paulo Câmara ser oposição ao governo Dilma Rousseff não pode ser usado como argumento para deixar de circular nos ministérios. “Eu nunca fui procurado pelo governador.  Eu nunca recebi um telefonema com qualquer demanda do governo do estado. Eu vejo em Brasília que tem outros governadores de oposição que se articulam bem em Brasília. Eu sinto um déficit de articulação do governo (de Pernambuco) em Brasília”, declarou Armando durante entrevista a uma rádio local ontem.
Diário de PE.
Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares