quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Câmara insiste em unidade


De agenda marcada em Brasília com a presidente Dilma, o governador Paulo Câmara (PSB) insiste no discurso de pedir que legenda se una em torno dos interesses nacionais, deixando de lado as questões políticas e partidárias. "O que tenho colocado para a presidente e nossa bancada é que precisamos nos unir para reunir condições a fim de que o Brasil volte a funcionar. É um desafio muito grande e nós temos que ter sensibilidade neste momento”, diz, com ar de preocupação diante da crise, que é gravíssima, no seu entender.

Assim como os governadores do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), e da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), Câmara integra a ala moderada do PSB e defende que o partido mantenha uma postura independente, não engrossando a bancada de oposição como deseja parte da bancada.

Na semana passada, com o anúncio feito pelo presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, de que o PSB está prestes a integrar a bancada de oposição à presidente Dilma, além de apoiar um eventual pedido de impeachment que chegue à Câmara Federal, o governador chegou a afirmar que não aceitaria que a legenda fizesse uma oposição irresponsável.

Parte do posicionamento, porém, está ligado às necessidades dos Estados em obter mais recursos, que minguaram significativamente após os cortes no Orçamento Geral da União, realizados em razão do ajuste fiscal do Governo Federal. Na reunião de hoje, Câmara também pretende apresentar pleitos comuns aos Estados, como a liberação de operações de créditos para obras nas áreas hídrica e de saúde.


"Vamos procurar ouvi-la e trazer sugestões. Vou aproveitar para levar a pauta que acho importante tanto para o Nordeste como para o Brasil. Tem a questão das operações de crédito que ela já sinalizou para 2016. Queremos discutir recursos hídricos. Já que tudo indica que vamos para o quinto ano de seca em 2016, e saúde, que hoje é o desafio de qualquer governante", afirmou, ao antecipar a pauta que discutirá ao longo da audiência com a presidente da República.
Blog do Magno.



Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares