quarta-feira, 9 de março de 2016

Confirmada primeira morte por chikungunya em Pernambuco


Uma mulher de 88 anos estava internada num hospital particular do Recife.
Boletim divulgado na terça (8) revelou alto índice de infestação por mosquito.
A Secretaria de Saúde de Pernambuco confirmou na terça-feira (8) a primeira morte causada por febre chikungunya no Estado. A vítima é uma mulher de 88 anos que estava internada em um hospital particular do Recife. O óbito, de acordo com o boletim epidemiológico, ocorreu em 21 de fevereiro deste ano.
Outro dado assustador está no boletim divulgado pelo Estado: Hoje, 84 das 184 cidades estão correndo risco de surto de arboviroses por causa do alto índice de infestação predial  por Aedes aegypti. E 63 delas já ligaram o alerta. Ou seja, o problema é grave em 80% dos municípios.
Entre os dias 3 de janeiro e 5 de março de 2016, Pernambuco notificou 9.160 casos suspeitos de chikungunya, dos quais 226 foram confirmados. Em 2015, ocorreram 2.605 notificações e 450 confirmações. Os dados correspondem a registros em 151 dos 184 municípios pernambucanos.
Este ano, o Estado também notificou 31.481 casos  de dengue em 179 cidades  e confirmou  4.210 deles. O aumento de notificações  foi de 131,7%,  em relação ao mesmo período de 2015, quando houve 13.587.
Entretanto,  houve uma redução no número de confirmações, que, no ano passado, chegou a 6.989. Os municípios com mais incidência de dengue no Estado são:  Itambé, Poção, Camutanga, Goiana e Sanharó.
Pernambuco também notificou  4.849 casos suspeitos do vírus da zika, mas ainda não há confirmações em 2016.

Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares