quinta-feira, 10 de março de 2016

Em entrevista ao Blog, Nilton Senhorinho confirma sua Pré Candidatura a Vereador de Belo Jardim!


Estamos a menos de 7 meses das eleições e comenta-se que você poderá disputar as eleições ao cargo de vereador de Belo Jardim. Isso é verdade?

R- Sim. Após tantos anos militando na política belo-jardinense, muitos amigos e amigas vinham me questionando e, de certa forma, cobrando uma participação direta nas próximas eleições. Nós sabemos que muitos eleitores têm se sentido não representados na câmara por alguns vereadores nos quais votaram e, nesse espaço, há o desejo de muitos correligionários de que alguém mais identificado com o projeto no qual se engajam, coloque o nome na disputa para representa-los.
Acredito que ninguém deve ser candidato de si mesmo. Antes, deve representar um grupo, ou grupos de pessoas que o desejam na disputa, sabendo o ‘porquê’ e o ‘para que’ o mandato servirá. Conversei com os amigos e a família e todos concordaram que eu deveria topar a disputa. Assim, na convenção partidária apresentarei meu nome para a disputa do cargo de vereador.

Como você ver a política na cidade, principalmente na disputa da prefeitura? Estamos vendo forasteiros e muita gente querendo ser candidato, como você analisa e ver essa disputa?

R- Eu acredito que todo e qualquer cidadão pode ser candidato, se assim o desejar. Cabe a nós, eleitores, escolhermos o melhor. Belo Jardim já sofreu bastante na mão de alguns grupos que virão aí para a disputa, mas a decisão será clara: escolher entre aventureiros e gente que não honra seus compromissos, ou votar em quem já provou capacidade de enfrentar e vencer desafios.
Em 1996, o então candidato Cecílio Galvão foi apresentado como ‘o novo’ e a ‘renovação’, e Belo Jardim sofreu com uma administração que atrasou salários por meses, deixou a cidade embaixo do lixo, e muitas outras mazelas. Já em 2012, tivemos Marco Coca-cola apresentado como “o empresário de sucesso” e a cidade também afundou no caos administrativo. Então, não falta experiência a Belo Jardim para escolher o mais capacitado para governar Belo Jardim em meio a essa crise econômica e política do Brasil e nessa seca pela qual passamos.
No mais, acredito, infelizmente, que essa será uma das campanhas de nível mais baixo pela qual já passamos.
O nível de debates e de boa parte dos debatedores poderá deixar em segundo plano os interesses da sociedade para tratar da vida íntima e privada dos envolvidos.

Sobre o legislativo - uma das grandes especulações e comentários nas redes sociais é o número de vagas no legislativo para 2017 com quantas cadeiras você deseja disputar as eleições?

R- Eu não vejo o momento muito propício ao aumento de vagas, mas a legislação permite que Belo Jardim tenha até 15 vereadores. Assim, os atuais vereadores podem aumentar o número de vagas.
Penso, no entanto, que devemos, no papel de eleitores, primar pela qualidade do vereadores, e não da quantidade, pois se há algum vereador que não desempenha bem o seu papel, devemos lembrar que todos ali foram eleitos pelo voto popular.
Quem não estiver satisfeito com aquele em quem votou, escolha outro que o represente, pois as vagas serão preenchidas. Creio que a próxima legislatura será mais cobrada para que cumpra o papel de legislar. Nós temos alguns vereadores que nunca apresentaram um Projeto de Lei que não fosse para dar nomes a ruas. Cabe ao eleitor escolher nomes que tenham a capacidade de propor e agregar boas idéias ao governo municipal.

Por bocas miúdas comentam-se que a câmara de Vereadores de Belo Jardim hoje é considerada uma das piores de todos os tempos. Como você ver o legislativo nos últimos 3 anos?

R- Eu acompanho os trabalhos da Câmara desde os 10 anos de idade, e já vi bons embates e debates naquele plenário. Assisti excelentes oradores como Marconi Ferreira e João Torres fazerem discursos memoráveis; ou testemunhei defesas apaixonadas dos grupos que representavam, protagonizadas por Josias Freitas e Cecílio Boy, entre outras tantas lembranças que tenho. Sinto falta disso hoje. Não digo que essa é a ‘pior câmara de todos os tempos’, como foi perguntado, pois temos ótimas cabeças atuando no legislativo. Pena que alguns achem que os eleitores os elegeram não merecem mais do que discursos raivosos e de esculhambação com terceiros. Esses maculam o legislativo e não honram o mandato que receberam.

Vem acontecendo algumas manifestações nos últimos dias, claro que com ligações a facções políticas, para tentarem atrapalhar os trabalhos do prefeito João Mendonça na cidade, como você vê esses atos desesperados?

R- Todas as manifestações que temos visto trazem à sua frente membros de um grupo que quer voltar ao poder. Para isso, reio, estão dispostos a recorrer à violência. Isso apenas empobrece o processo político e nada acrescenta à nossa cidade.
Esses que querem chegar ao poder achando que vão ‘comprar’ a prefeitura deverão receber um estrondoso não da população que já não se rende mais a esse tipo de expediente.

Nós estamos tratando de uma disputa entre um prefeito que tem muito o que apresentar ao eleitor e outros prováveis candidatos que não apresentam nenhuma proposta e chegam apenas com o desejo de ganhar a prefeitura.

Considerações finais?

Quero lhe agradecer Edson Silva pelo convite em poder expor minhas idéias sobre a politica de Belo Jardim, pois estarei a sua disposição e do povo de nossa terra, sucesso pelo blog e parabéns pelo trabalho.







Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares