quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Casos de tuberculose bovina fazem fiscalização municipal redobrar atenção em Águas Belas


Uma equipe de veterinários flagrou no Matadouro Municipal de Águas Belas, no Agreste de Pernambuco, pela segunda vez em menos de uma semana, duas carcaças contaminadas com tuberculose e outra com um abscesso no fígado. Os fatos preocupam, pois a tuberculose é de fácil transmissão e poderá atingir outros bovinos na mesma região.

De acordo com a médica veterinária responsável pelo Matadouro, Edmácya Ubirajara, a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) foi acionada. Após a identificação, as duas carcaças foram incineradas e o fígado descartado, assim como regem as regras do Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem.


A primeira carcaça foi identificada com tuberculose no dia 17 de agosto, com sinais visíveis e atestados pela médica veterinária. Dois dias depois outra carcaça apresentou um abscesso no fígado, o que torna apenas o órgão descartável. A segunda ocorrência de tuberculose foi no domingo, 21 de agosto, quando outro animal foi diagnosticado com tuberculose e também foi descartado e incinerado.
Fonte: Liberdade.





Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares