sábado, 5 de novembro de 2016

Humberto Costa critica Mendoncinha pelo adiamento das provas do Enem


O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), criticou nesta sexta-feira (4) a lista divulgada pelo MEC com os locais de prova que terão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) adiado para dezembro por conta das ocupações de escolas por parte de estudantes.

Para ele, o ministro Mendonça Filho deu mais uma “demonstração de incompetência” ao adiar as provas, prejudicando mais de 240 mil inscritos que fariam o teste neste final de semana.

O senador acredita que o exame poderia ser realizado nas próprias escolas que estão ocupadas, assim como ocorreu no segundo turno das eleições municipais.

“Se as escolas estão ocupadas, por que fazer esse tensionamento de adiar as provas que seriam realizadas nelas? No segundo turno das eleições, o TSE optou por mudar os locais de votação, evitando, assim, qualquer tipo de conflito desnecessário”, disse o senador pernambucano.

Ele considera “legítima” a decisão dos estudantes de ocupar escolas públicas em protesto contra a PEC 241/2016, já aprovada pela Câmara Federal, que congela os gastos pelos próximos 20 anos.

Ao todo, 240.304 candidatos inscritos no Enem farão as provas nos dias 3 e 4 de dezembro. A lista divulgada pelo MEC nesta sexta-feira, tem 61 unidades mais do que a previsão divulgada no início da semana, quando se pensou que apenas191 mil candidatos seriam afetados.

Os demais participantes farão as provas normalmente amanhã (5) e domingo (6)

Em Pernambuco, o número de estudantes prejudicados por conta das ocupações é de 16.635, que representa 3,72% do total de inscritos no Estado.









Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares