segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Em Floresta, Paulo ressalta priorização de obras hídricas


O governador Paulo Câmara participou, hoje, do acionamento da terceira Estação de Bombeamento do Eixo Leste do projeto de Transposição do Rio São Francisco, localizado no município de Floresta, no Sertão de Itaparica. O ato, comandado pelo presidente Michel Temer, também contou com a assinatura de duas ordens de serviço, no valor de R$ 40,4 milhões, para o início dos projetos executivo e ambiental do Ramal do Agreste. O chefe do Executivo estadual falou sobre a importância das ações realizadas e ressaltou a necessidade de priorização de obras estruturadoras do setor hídrico de Pernambuco.

"Hoje, damos andamento a uma etapa importante do projeto da Transposição para o Nordeste. Os governadores têm feito um esforço muito grande, junto aos prefeitos, para minimizar o sofrimento da seca para a população. Mas sabemos que o fundamental aqui para a região são as obras estruturantes como a Transposição do rio São Francisco e, ao mesmo tempo, a conclusão de obras como a Adutora do Agreste, as demais adutoras e o Ramal do Agreste", afirmou. O equipamento acionado nesta segunda tem capacidade de bombear até 14 metros cúbicos de água por segundo.

Paulo destacou, ainda, que o Governo Federal tem dado prioridade às obras que compõem o projeto do rio São Francisco. "O esforço precisa ser reconhecido, mas o trabalho precisa ser incansável porque o Nordeste precisa dessa obra, que pode melhorar muito a qualidade de vida não apenas do povo pernambucano, mas dos nordestinos", concluiu.

Após acionar a Estação de Bombeamento EBV-3, o presidente da República, Michel Temer, informou que, no próximo mês de março, o Eixo Leste será entregue e que, ainda este ano, o Eixo Norte também será inaugurado. "Esta obra é importante demais para o Nordeste. O Governo Federal tem os olhos voltados para o Brasil todo, mas, particularmente, para o Nordeste do País", destacou. Temer salientou, ainda, a importância que a Transposição tem para o desenvolvimento de Pernambuco e do Nordeste. "Em breve, voltaremos aqui e vamos verificar que o desenvolvimento se deu com muito maior velocidade em Pernambuco e em outros estados nordestinas devido à Transposição".


RAMAL DO AGRESTE – As duas ordens de serviço assinadas hoje viabilizarão R$ 40,4 milhões para o Ramal do Agreste. A primeira, de R$ 29 milhões, atenderá à implementação dos projetos executivos da obra. O início do serviço está previsto para o segundo semestre deste ano. Os outros R$ 11,4 milhões serão aplicados em 17 programas ambientais do empreendimento. Orçado em R$ 1,2 bilhão, o Ramal do Agreste terá 70,8 quilômetros de extensão e receberá as águas do São Francisco para abastecer 72 cidades pernambucanas.











Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares