sexta-feira, 5 de maio de 2017

IFPE - 47 ANOS DE HISTÓRIA EM BELO JARDIM


Inaugurado em 05 de maio de 1970, com o nome de Colégio Agrícola de Belo Jardim, o atual Campus Belo Jardim do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco completa 47 anos nesta sexta-feira. Por quase cinco décadas o Campus, que também já foi denominado de Escola Agrotécnica Federal de Belo Jardim, promove no agreste pernambucano um educação profissionalizante de qualidade que desde os seus primórdios atrai estudantes de toda a região Nordeste.

Mas se eu dissesse que ainda existe servidor que trabalha no Campus desde a sua fundação, seria possível eu estar falando a verdade? “Nada disso, comecei a trabalhar no dia 17 de abril de 1970, estou aqui desde antes da fundação”, corrige a informação o motorista Antônio Tavares, 64 anos de idade e 47 anos (mais 18 dias) dedicados ao Campus Belo Jardim. E ele se recorda com bastante nostalgia da primeira turma do curso Técnico em Agropecuária, curso que por muito tempo foi o único oferecido pelo Colégio Agrícola. “Lembro que a primeira turma tinha 72 alunos. Naquela época a nossa produção agrícola era muito grande, uma vez por mês enchíamos um caminhão de alimentos e levávamos para vender na feira”, conta Antônio, que ainda hoje guarda de recordação o primeiro livro de ponto da Escola, com todas as assinaturas diárias dos servidores durante o ano de 1970. Uma relíquia!

Em 1972 chegou ao Colégio Agrícola o então jovem professor João Tavares.  Hoje com 70 anos, ele é o professor que está há mais tempo ensinando no Campus. “Cheguei apenas com uma pilha de livros e muita disposição para o trabalho. A maior parte dos alunos tinha minha idade na época”, conta o professor mestre na área agrícola e que já tem 45 anos dedicados ao Campus.  Muito orgulhoso de toda a história da escola e apaixonado pelo serviço público, ele acredita que a transformação em Campus do IFPE foi fundamental para a evolução da escola visando o futuro. “Antes nós éramos isolados, precisávamos manter contato com Brasília que além de ser distante era bem mais burocrática. Hoje estamos integrados dentro de uma Instituição moderna, o que possibilitou até diversificarmos os nossos cursos”, conta João Tavares.

Outro servidor que tem uma história bastante ligada ao Campus é o diretor Francisco das Chagas. Oriundo do estado do Ceará, ele chegou há 37 anos em Belo Jardim para ser professor do curso Técnico em Agropecuária e nunca mais deixou de residir na cidade. Para Chagas, ser diretor do Campus em que ele aprendeu a amar é uma satisfação indescritível.  “É de uma responsabilidade e de um prazer imenso ser diretor de um Campus com uma história tão bonita e com um futuro tão promissor. São 47 anos de dedicação à educação, formando grandes profissionais espalhados por todo o Brasil. O carinho que os ex-alunos tem por este Campus é uma coisa incrível. Há poucos meses participei de um encontro de uma turma de 1982, isto não tem preço.”, conta o diretor, que preparou uma programação especial nesta sexta-feira para celebrar esta data tão importante na história da educação de Belo Jardim e de Pernambuco.













Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares