quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Preço do gás de cozinha tem segundo reajuste em apenas dois meses


A medida vale a partir desta terça-feira (26). Essa é a segunda alta no preço do gás no mês de setembro. Conforme o levantamento de preços mais recente feito pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o botijão mais caro encontrado na Capital durante a pesquisa custava R$ 68 na semana passada. Mantenha-se informado sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore, aqui no portal Panorama Offshore. A empresa justifica a medida afirmando que “o mercado de GLP ao longo do mês de agosto continuou mostrando-se pressionado por baixos estoques e que a proximidade do inverno no hemisfério norte aumenta a demanda pelo produto”. O reajuste anunciado repassa a variação de preços do mercado internacional apresentada ao longo de agosto conforme política anunciada pela companhia. A estatal divulgou que a decisão, tomada por seu Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp), será aplicada “sobre os preços praticados sem incidência de tributos”. A estatal estima que se for integralmente repassado ao consumidor, o preço do botijão de GLP P-13 pode ser reajustado, em média, em 2,6% ou cerca de R$1,55 por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos. Desde junho, o preço subiu três vezes e caiu uma.






Previous Post
Next Post

About Author

0 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não responsabiliza-se por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.

Postagens populares